55 47 99999 5247 / 99213 2801

  • Instagram - Black Circle
  • Beehive Empresarial

A meditação reduz hormônios responsáveis pelo estresse. Ela diminui a ansiedade, melhora quadros de depressão, diminui a frequência cardíaca, controla pressão arterial, melhora a qualidade do sono, e até ameniza dores crônicas.

Áreas cerebrais relacionadas ao bem-estar são ativadas durante o processo de meditação, e pesquisas americanas apontam que, devido à liberação de uma enzima chamada telomerase, praticantes de meditação possuem uma melhora o sistema imunológico. Esta mesma enzina auxilia na longevidade das células! O cérebro fica globalmente mais irrigado, aumentando a coerência e sincronia eletro-encefalográfica. Há ainda o aumento da concentração de dopamina, norepinefrina e serotonina (neurotransmissores), o que explica o aumento da sensação de prazer, motivação e energia após a prática da meditação.

Bora praticar?


“Mas Karina, eu nunca meditei! ” – Calma! Não se fica expert na prática do dia para a noite. Confesso que ainda não domino totalmente a técnica. Existem aplicativos que realizam meditações guiadas, que são muito válidos para pessoas de pouca prática ou com dificuldade em se concentrar. Existem também musicas e sons de natureza que podem auxiliar neste processo, principalmente por recrutar seus sentidos auditivos.
Mas quem quiser começar a praticar, seguem algumas dicas importantes:1º Se você está aprendendo a técnica, não medite deitado (vai acabar dormindo – Experiência própria)2º busque um lugar calmo e silencioso, onde você possa se sentar de forma confortável3º Programe um alarme de 3 a 5 minutos (para você não ficar pensando: será que já deu 5 minutos? E você pode ir aumentando o tempo de acordo com sua necessidade)4º Respire de boca fechada5º Concentre-se na sua respiração, observando, mas não analisando. Sinta o ar entrando e saindo do corpo.6º Sempre que você perceber que se distraiu, seja gentil com seu cérebro. Volte a se concentrar na respiração sem ficar se culpando, de forma sutil.

Observações:

*A posição das mãos não é tão importante. Posicione onde você sentir conforto.

* Não esqueça de colocar o celular no silencioso (ou modo avião)

* A meditação é um processo e não dá resultado de um dia para o outro.

* Use roupas confortáveis


Espero que vocês tenham se interessado um pouco mais sobre este assunto. Até a próxima!


#QualidadeDeVida

#Saúde

#BemEstar


Entre funcionários da área de segurança no trabalho, é comum ouvir a respeito de ambos. Mas você saberia diferenciá-los?

A NR-17 (norma regulamentadora 17) determina a Análise Ergonômica, e a especifica no item 17.1.2 afirmando que:


“Para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho, devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho, conforme estabelecido nesta Norma Regulamentadora.”

A legislação não prevê a graduação do profissional que realiza esta análise, apenas exige área afim e Especialização em Ergonomia, que chamamos de Ergonomista. Comumente encontramos na área médicos do trabalho, Educadores Físicos, fisioterapeutas e outros. Com o profissional devidamente qualificado, espera-se que sejam demonstrados os seguintes tópicos:


  • Estudo detalhado do ambiente de trabalho, com a análise dos processos no desenvolvimento de todas as atividades;

  • Análise das condições ambientais dos locais de trabalho;

  • Avaliação do maquinário, mobiliário e qualquer equipamento utilizado pelos colaboradores;

  • Implantação de atividades preventivas, bem como controle e avaliação após a implantação;

  • Sugestões de melhorias e treinamentos específicos.


Já o Laudo Ergonômico é um documento que deve ser solicitado por um juiz, em caso de ações trabalhista. Este não é citado na NR-17, logo, não se faz obrigatório (ao contrário da Análise Ergonômica).


Sua empresa já realizou uma Análise Ergonômica do Trabalho? Fique em dia com a legislação. Não corra riscos!


Entre em contato e solicite um orçamento.


#beehiveempresarial

#análiseergonômica

#Ergonomia

#Ergonomista



  • Beehive Empresarial

Quando ouve-se falar em ginástica laboral, é inevitável pensar nas pessoas paradas se alongando. A Beehive Empresarial, na busca pela melhoria do serviço prestado, vem inovando nas atividades realizadas em suas sessões de ginástica laboral. O alongamento continua sendo necessário, mas cada público de cada empresa tem necessidades diferentes. Seja um fortalecimento muscular, melhoria de postura, compensação de musculaturas exigidas em demasia, relações interpessoais ou até mesmo alívio de tensões e stress.

Com auxílio de cordas ou bandas elásticas, Bastões, bolinhas com cravo, bambolês, acervo esportivo, jogos de tabuleiro, acessórios de Treinamento Multifuncional (medicine bol, escada de agilidade, halteres, discos proprioceptivos entre outros), ministramos nossas atividades das formas mais diversificadas possíveis.


Nesta terça-feira, dia 10 de abril de 2018, a instrutora Karina Heinz realizou uma oficina de Bolhas de Sabão gigante na empresa Magamobi, e afirmou:

“O alívio de stress acontece quando existe esta entrega durante as atividades. A bolha de sabão remete à infância e é inevitável sorrir quando a bolha voa.”

Um dos colaboradores que participou da atividade completou: “Preciso fazer isto em casa com meus filhos!”



E é neste ponto que enxergamos o diferencial das atividades que a Beehive Empresarial presta. Buscamos mudar o ponto de vista dos participantes, e estimulá-los a vivenciar nas rotinas do dia-a-dia tudo o que é passado durante os 15 minutos da sessão. Para aqueles que acreditam que é pouco tempo para se ter algum resultado na mudança do estilo de vida dos colaboradores, #FICAaDICA.




Agende uma aula experimental gratuita, sem compromisso. Teremos prazer em visitar sua empresa.



#BeehiveEmpresarial

#GinásticaLaboral

#OficinaRecreativa

#Magamobi

#BolhaDeSabãoGigante

#QualidadeDeVida