55 47 99999 5247 / 99213 2801

  • Instagram - Black Circle
  • Karina Heinz

LEGISLAÇÃO: Você sabe a diferença entre Análise Ergonômica e Laudo Ergonômico? (NR-17)


Entre funcionários da área de segurança no trabalho, é comum ouvir a respeito de ambos. Mas você saberia diferenciá-los?

A NR-17 (norma regulamentadora 17) determina a Análise Ergonômica, e a especifica no item 17.1.2 afirmando que:


“Para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho, devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho, conforme estabelecido nesta Norma Regulamentadora.”

A legislação não prevê a graduação do profissional que realiza esta análise, apenas exige área afim e Especialização em Ergonomia, que chamamos de Ergonomista. Comumente encontramos na área médicos do trabalho, Educadores Físicos, fisioterapeutas e outros. Com o profissional devidamente qualificado, espera-se que sejam demonstrados os seguintes tópicos:


  • Estudo detalhado do ambiente de trabalho, com a análise dos processos no desenvolvimento de todas as atividades;

  • Análise das condições ambientais dos locais de trabalho;

  • Avaliação do maquinário, mobiliário e qualquer equipamento utilizado pelos colaboradores;

  • Implantação de atividades preventivas, bem como controle e avaliação após a implantação;

  • Sugestões de melhorias e treinamentos específicos.


Já o Laudo Ergonômico é um documento que deve ser solicitado por um juiz, em caso de ações trabalhista. Este não é citado na NR-17, logo, não se faz obrigatório (ao contrário da Análise Ergonômica).


Sua empresa já realizou uma Análise Ergonômica do Trabalho? Fique em dia com a legislação. Não corra riscos!


Entre em contato e solicite um orçamento.


#beehiveempresarial

#análiseergonômica

#Ergonomia

#Ergonomista